A Vacina da Pfizer, foi considerada segura e com 95% de eficácia. A vacina segue para aprovação do FDA, a Anvisa dos EUA, que poderá liberar o imunizante até dezembro.




Caso aprovado, ocorre a autorização de uso emergencial da vacina nos próximos dias, o que abriria caminho para que a distribuição começasse até o final de 2020, caso a agência reguladora aprove o pedido.

No Brasil ainda não há acordo para compra dessa vacina. O governo brasileiro diz que está negociando com diversas empresas.