O prefeito Bruno Covas (PSDB), candidato à reeleição em São Paulo, ligou para o candidato adversário Guilherme Boulos (PSOL) nesta terça-feira (17) para se desculpar por uma frase dita por um aliado político dele durante evento da campanha tucana no Sindicato Nacional dos Aposentados (Sindnapi), no Centro da cidade.




No encontro durante a manhã, o ex-deputado federal Ricardo Tripoli (PSDB) disse, ao lado de Covas, que Boulos “mata a mãe para ir ao baile de órfãos para poder entrar”.

“Nós temos um adversário extremamente agressivo, quem assistiu o debate ontem viu. Ele é o cara que mata a mãe para ir no baile de órfãos. Mata a mãe para ir ao baile de órfãos, para poder entrar. Imaginam a agressividade que esse sujeito tem”, afirmou Tripoli.

Em nota divulgada durante a tarde, Bruno Covas classificou como “inaceitável e desrespeitosa a declaração feita hoje sobre o candidato Guilherme Boulos”.




“Atitudes como essa não contribuem para o processo democrático. O prefeito Bruno Covas já se desculpou, pessoalmente, com Boulos e espera que as campanhas, seus aliados e militantes mantenham o respeito e o bom nível que tem ditado o tom da campanha até aqui”, disse o comunicado da campanha tucana.

O G1 procurou a campanha do PSOL para falar sobre o assunto, mas foi informado que o candidato Guilherme Boulos não vai se pronunciar por enquanto sobre o episódio.

Fonte: G1.