Ela não é realmente azul. É uma lua cheia, como qualquer outra, da cor que a maioria das luas cheias são vistas: cinza claro, branco leitoso ou prateado.




O que torna estranho esse fenômeno, que o folclore batizou de “Lua Azul”, é que ela é a segunda lua cheia em um único mês, quando o normal é termos apenas uma.

O ciclo lunar, período em que ocorrem todas as fases da Lua, se repete a cada 29,5 dias ou mais.

Para que a “Lua Azul” ocorra são necessárias duas coincidências: a primeira lua cheia precisa ocorrer no primeiro ou segundo dia do mês, e este mês precisa ter 31 dias. Assim, é provável que apareça uma segunda lua cheia.




Esse fenômeno é conhecido como “Lua Azul”.

O mês de fevereiro, que tem 28 dias, por exemplo, nunca verá uma “Lua Azul”.

A Lua Azul apareceu dessa forma em Washington, nos Estados Unidos, em 2015 — Foto: GETTY IMAGES

A Lua Azul apareceu dessa forma em Washington, nos Estados Unidos, em 2015 — Foto: GETTY IMAGES

Quando é a ‘Lua Azul’ de 2020?

A Lua Azul é um fenômeno incomum que ocorre apenas a cada 2,5 anos.




A última vez que isso aconteceu foi em 31 de março de 2018.

Neste ano, ela aparecerá no céu na noite de 31 de outubro a 1 de novembro, quando muitos países celebram o Halloween. No México, o dia marca o começo do festival do Dia dos Mortos.

Já houve uma lua cheia no dia 1º de outubro e, no final do mês, poderemos ver a segunda.

Fonte: G1