Um simples procedimento cirúrgico no dente trouxe complicações ao meia-armador Nenê, que perdeu a sua vida aos 45 anos, na noite desta quarta-feira. Ídolo do Guaratinguetá, time do Vale do Paraíba, na década passada, teve uma passagem curta no Paulista, mas que certamente alguns torcedores do Galo ainda se lembram.




O meia Nenê faleceu na madrugada desta quinta-feira, 22, aos 45 anos. O anúncio foi feito pelo zagueiro Rocha, amigo do jogador e ex-companheiro no Tricolor do Vale. Segundo amigos, o ex-jogador fez um procedimento dentário, teve complicações e chegou a ser internado. Na madrugada sofreu um infarto fulminante.

Nenê chegou ao Guaratinguetá em 2006 e, entre diversas passagens, defendeu o clube até 2014, quando se aposentou.

No segundo semestre de 2006, Nenê vestiu a camisa do Paulista em quatro jogos da Série B do Campeonato Brasileiro. No Tricolor ele foi comandado por Vagner Mancini. Ele participou dos seguintes jogos, todos como titular) pelo Tricolor:




– Paulista 1 x 0 São Raimundo (11/07/2006)

– Coritiba 2 x 1 Paulista (15/07/2006)

– América de Natal 1 x 0 Paulista (22/07/2006)

– Paulista 2 x 2 CRB (25/07/2006)




O atleta no Vale como ficou conhecido pela qualidade na cobrança da bola parada, e marcou o gol do Título do Interior do Guaratinguetá, em 2007. O meia se aposentou em 2014.

O velório está sendo realizado no velório municipal de Guaratinguetá. O enterro será em Santo André, cidade natal do jogador. Nenê deixa esposa e uma filha.




Fonte: www.esportejundiai.com