A Prefeitura de Jundiaí (SP) confirmou nesta quarta-feira (14) que a cidade registrou dois casos positivos de febre maculosa neste ano, sendo uma morte e um paciente ainda em recuperação. No total, foram nove notificações.




A vítima fatal é um homem de 49 anos que foi internado em um hospital público da cidade ao apresentar febre, dor de cabeça, dor muscular, náuseas, vômitos e pele amarelada.

O óbito foi registrado no dia 20 de setembro, mas a doença só foi confirmada na última sexta-feira (9). De acordo com a prefeitura, o local provável de infecção do homem é o bairro Terra Nova.




O segundo caso positivo, confirmado na última quarta-feira (7), é de um menino de três anos, que provavelmente se infectou no bairro Vista Alegre e continua internado. A criança teve sintomas como febre, manchas vermelhas na pele, diarreia, olhos vermelhos e fraqueza.

Por conta disso, está sendo realizada uma ação de orientação para os moradores no Centro de Referência e Assistência Social (Cras) da região do Vista Alegre nesta quarta-feira (14), em vários horários. Ainda segundo a prefeitura, não há possibilidade de epidemia na cidade, apenas casos isolados.




Anos anteriores

No ano passado, foram registradas 42 notificações de febre maculosa na cidade, com duas confirmações nos bairros Eloy Chaves e Vista Alegre – este segundo paciente acabou morrendo.

Em 2018, Jundiaí também contabilizou dois casos da doença, sendo um no Jardim Copacabana e o segundo com o bairro de contaminação indeterminado.




Fonte: G1.