A Apple anunciou em um evento on-line nesta terça-feira (13) a nova geração de seus celulares, desta vez com quatro modelos: iPhone 12, iPhone 12 mini, iPhone 12 Pro e iPhone 12 Pro Max (veja os detalhes de cada um mais abaixo).




Ainda sem preços para o Brasil, os aparelhos custam a partir de US$ 729 nos EUA (durante durante o evento a Apple chegou a divulgar o valor de US$ 699 para o iPhone 12 mini, mas não especificou que esse era o preço com contrato ligado a operadoras).




Pela primeira vez, eles não virão com o carregador de parede e o fone de ouvido na caixa. A empresa aposta que muitos clientes já possuem carregadores em casa. Quem não tiver o acessório poderá comprar de forma separada. No Brasil, ele custa R$ 219 na loja oficial – os fones com fio da empresa saem pelo mesmo preço.

Os novos celulares possuem processador A14 Bionic, que usa o processo de fabricação de 5 nanômetros – a Apple afirma ser o mais veloz do mercado.

Saiba mais: O salto tecnológico do chip A14 Bionic, que tornará smartphones ainda mais inteligentes
Outra novidade é o suporte para a tecnologia de redes 5G em toda a linha, além de “escudo de cerâmica” para proteger a tela nas quedas.




Os modelos são os sucessores dos iPhones 11, 11 Pro e 11 Pro Max, apresentados no ano passado.

Veja os preços nos EUA (a novidade ainda não está disponível no Brasil):

iPhone 12 mini: US$ 729 (R$ 4.060 na cotação atual);
iPhone 12: US$ 829 (R$ 4.620);
iPhone 12 Pro: US$ 999 (R$ 5.570);
iPhone 12 Pro Max: US$ 1.099 (R$ 6.120).
A Apple diz que os modelos chegarão ao Brasil “em breve”, sem detalhar a data.

Fonte: G1.