O Magazine Luiza abriu o seu programa de Trainee 2020, de maneira exclusiva para candidatos negros. Segundo a empresa, 53% do quadro de funcionários é formado por profissionais negros, mas apenas 16% deles ocupam cargos de liderança. O anúncio gerou debate sobre racismo e inclusão racial.




Parabéns Magazine Luiza, isso é o mínimo q toda empresa e órgão público deve fazer pra corrigir os séculos de discriminação q ocorre nas contratações. Pra quem tá reclamando leia: Pactos Narcísicos no Racismo – branquitude e poder nas organizações empresariais e no poder público https://t.co/67TpyH0F1a

— Preta Ijimú (@Nailahnv) September 19, 2020
Bom dia. Perguntar não ofende: selecionar candidatos com base na “raça” não soa um tanto… racista? Como é que tal divisão vai combater exatamente o racismo? Imagina se fosse o contrário, só brancos: qual seria a reação? pic.twitter.com/fN3Zfr7ooX




— Rodrigo Constantino (@Rconstantino) September 19, 2020

Os interessados podem se candidatar pelo site https://carreiras.magazineluiza.com.br/. O salário oferecido é de R$ 6.600, além de planos médico e odontológico, bolsa inglês, vales alimentação e refeição, gympass, participação nos lucros da companhia, entre outros benefícios. No primeiro mês, ainda há um bônus contratação no mesmo valor do salário. O Magalu foi eleito pela Great Place to Work Institute como uma das melhores empresas para trabalhar no país.