Nesta segunda-feira (10), o Boletim TVTEC entrevistou Bejamin Tameirão Neto, de 63 anos, que ganhou destaque nas últimas semanas por conduzir o “Uber Balada”.




Passageiros dançam em ‘balada’ dentro de carro em Jundiaí

Há três anos trabalhando como motorista por aplicativo em Jundiaí, Benjamin usou da criatividade para driblar o distanciamento social imposto pelo período da pandemia do Coronavírus para se aproximar dos seus clientes. Amante de músicas dançantes, ele conta que a ideia surgiu com as filhas e fez sucesso logo de início.

“Depois de confirmar as informações do passageiro, pergunto que tipo de música ele gostaria de ouvir se fosse sair em alguma balada. Eu tenho uma playlist de música eletrônica e, felizmente, é sempre a mais pedida”, comenta o motorista.

E o que era para ser apenas uma simples carona, se torna uma experiência musical com direito a iluminação especial e volume digno de uma discoteca. “Já teve gente que começou a ter ataque de riso de quase passar mal. Ela pensava que era uma pegadinha”.


Mas nem sempre o retorno é positivo. Benjamin conta que uma vez colocou o som e não percebeu que o passageiro estava com dor de cabeça. Aprendida a lição, agora ele deixa a escolha musical ao gosto do freguês, mas claro, com a animação já garantida. “Eu fico emocionado com a resposta das pessoas e vou sempre buscar ter as 5 estrelas, que é a pontuação máxima e meu objetivo como trabalhador desta área”, finaliza.




Assista na íntegra a entrevista no Boletim TVTEC: