Clayton Francisco Quintiliano, de Jaú, no interior do estado de São Paulo, criou o picolé de coxinha – na verdade uma coxinha em formato de picolé – e explodiu nas redes sociais. A alternativa de renda extra que ele encontrou durante a pandemia de Covid-19 acabou fazendo sucesso.