MATÉRIA G1 – Duas mulheres e dois cachorros foram atacados por um enxame de abelhas no estacionamento do Parque da Cidade, em Brasília. Um dos cães que tentou defender a dona morreu com mais de 200 picadas do focinho.




Questionada sobre as medidas tomadas para evitar o risco de ataques, a administração do parque afirmou que “já solicitou ajuda ao Corpo de Bombeiros” (saiba mais abaixo).

O caso ocorreu por volta das 10h de domingo (19), no estacionamento 6 do parque, quando a advogada Luana Iara Vieira, de 38 anos, chegava no local com brinquedos para passar um tempo com os pets. “Eu sequer consegui descer minhas coisas do carro, e as abelhas vieram”, disse.

“Eu cheguei a falar: a gente vai morrer aqui”, relata a vítima.
Luana estava acompanhada da mãe, de 72 anos, e os dois cachorros: Beck, de quatro anos e Tufão, de sete anos, que morreu em decorrência das picadas.

“Foi muito rápido, minha mãe começou a gritar: ‘tem um enxame aqui’. E já tinham muitas abelhas no corpo. O pelo dos cachorros já estava tomado de abelha. Pensei em entrar no carro, mas ficou cheio também”, conta a advogada.

Segundo a família, o cão mais novo, Beck, fugiu no momento do ataque. O mais velho, Tufão tentou proteger mãe e filha por um tempo e depois tentou se esconder debaixo do carro. Ele foi levado ao veterinário e morreu nesta segunda-feira (20) – quando se celebra o Dia do Amigo.

“Ele sempre teve um instinto protetor e ficou lá, próximo da gente. Para mim, ele foi um herói”.