MATÉRIA G1 – A criança de um 1 e 11 meses que caiu da janela do segundo andar do apartamento da babá, em Jundiaí (SP), teve alta do hospital de Campinas na tarde desta quinta-feira (25). Segundo a mãe, os médicos informaram que o menino não quebrou nenhum osso e não terá sequelas da queda de 6 metros.




Wanderson Gustavo dos Soares de Oliveira sofreu o acidente no sábado (20), quando subiu na cama, em um colchão encostado na parede e chegou à janela. A babá contou à família que se mudou há pouco tempo para o endereço e ainda não havia instalado telas.

Na ocasião, o menino foi deixado pelos pais antes do trabalho com os irmãos de 1 e 5 anos no apartamento.

Ele caiu de cabeça no chão e não chegou a ter traumatismo craniano, mas sofreu inchaço na cabeça. Depois de cinco dias de internação, o médico liberou o paciente.

“Achei que ia perder meu filho, porque ele estava todo roxo. Quando eu fui ao hospital ele estava entubado e só conseguir vê-lo no outro dia. De manhã, já estava acordado e me abraçou”, comemora a mãe, Ana Cristina de Oliveira.

Segundo a operadora de caixa, o filho terá que passar novamente no médico na próxima semana para uma consulta de prevenção.

“É uma alegria ver ele correndo em casa e brincado. Não quebrou nada, nem sequela.”

De acordo com a Polícia Militar, no dia da queda, a equipe decolou da base de Campinas (SP) para prestar apoio depois de acionada pelo Corpo de Bombeiros, que estava no local.

No endereço, os médicos e enfermeiros avaliaram o estado de saúde da criança como grave e realizaram os procedimentos para que ela pudesse ser transportada pelo Águia.

“O transporte até o hospital da Unicamp durou cerca de 15 minutos, enquanto o deslocamento terrestre levaria uma hora. O tempo de resposta foi essencial para a sobrevivência do menino”, disse o tenente Rafael Elias Franco Pinto, um dos pilotos do helicóptero.

A perícia foi realizada no imóvel e o caso foi registrado no plantão policial. A Polícia Civil investiga o caso.