A retomada gradual das atividades em Itupeva está sendo estudada pela Prefeitura de Itupeva. As ações que deverão ser adotadas para a flexibilização gradual das atividades econômicas, tendo como base o “Plano São Paulo”, que foi apresentado hoje, pelo Governo do Estado de São Paulo.




Eri Campos vem cobrando a flexibilização, acesse os links e confira > https://www.facebook.com/ItupevaEriCampos/videos/997445360713520/

Empreendedores querem voltar a trabalhar!

Eri Campos leva a Prefeitura pedido de empresários para um estudo de abertura gradual de mais estabelecimentos na cidadeNessa terça-feira, Eri Campos, em nome de vários empreendedores da cidade, levou a secretária de indústria e comércio da prefeitura, um pedido para que urgentemente empreenda esforços em fazer estudos, em conjunto com a secretaria de saúde, no sentido de promover a liberação de uma série de atividades laborais que, segundo eles, por força, da forma e locais em que são executadas não promovem aglomeração de pessoas, logo, não implicam em nenhum risco de contaminação pelo COVID19, evidentemente acompanhado de campanha de orientação e seguindo à risca todos cuidados orientados pela OMS (Organização Mundial de Saúde).O estudo, poderia prever medidas que autorizem abertura de oficinas mecânicas, assistência técnicas, serviços médicos, odontológicos, lojas de alimentos, pet shops, óticas, materiais de construção e atendimento de prestadores de serviços como pedreiros, eletricistas, jardineiros, carpinteiros, escritórios de contabilidade, advocacia, engenharia e imobiliárias. Entre outras tantas. A preservação da vida está em primeiro lugar, mas essas medidas de liberação gradual das atividades comerciais, acompanhadas de todos os cuidados e atendendo todas as recomendações dor órgão sanitários, são imprescindíveis para a continuidade dos negócios, a sobrevivência dos empreendedores e de seus familiares e a garantia de empregos e renda.

Posted by Eri Campos on Tuesday, April 7, 2020

Itupeva integra a Região do Estado de São Paulo relativa à fase 2 do “Plano São Paulo”. Portanto, a partir de 01 de junho, deverão ser autorizadas as reaberturas graduais, com determinados critérios e protocolos sanitários, das atividades imobiliárias, concessionárias, escritórios, comércio e shopping centers.

Algumas atividades ainda não poderão funcionar. Mais informações sobre “Plano São Paulo”:
https://www.saopaulo.sp.gov.br/coronavirus/planosp/