Segundo informações do G1 o governo do estado de SP vai encaminhar nesta segunda-feira (18) à Assembleia Legislativa do Estado um projeto de lei para antecipar o feriado estadual do dia 9 de julho (Dia da Revolução Constitucionalista) para a próxima segunda (25).




A proposta é uma tentativa de aumentar o isolamento social, que alcança níveis maiores em finais de semana e feriados, segundo o governador João Doria.

Na capital, o objetivo é criar um mega feriado emendado desta quarta-feira (20) até a próxima segunda, antecipando os feriados de Corpus Christi (11 de junho) e da Consciência Negra (20 de novembro). De acordo com o prefeito Bruno Covas, esses dois feriados municipais podem ser antecipados para esta quarta e quinta (21) e, na sexta-feira (22), seria declarado ponto facultativo na cidade. As medidas dependem de aprovação dos legislativos municipal e estadual.

Em nota, a Câmara Municipal de SP afirma que realiza nesta segunda, às 15h, uma sessão plenária virtual para votação de projeto de lei enviado pelo Executivo para antecipação de feriados municipais. Segundo o governo estadual, será feita uma recomendação para que prefeituras da Grande São Paulo antecipem feriados municipais para os dias 26 e 27 de maio, de modo a ampliar ainda mais o feriado prolongado.